Como eu recebi a volta do Senhor Jesus

Como podemos discernir entre o verdadeiro Cristo e os falsos e receber a volta do Senhor Jesus? Jiang Ping, um pregador, dirá a você como receber a volta do Senhor Jesus.

Nota do editor: Hoje em dia, a desolação do mundo religioso é um fato amplamente conhecido. O pregador, Jiang Ping, sentiu que seu espírito estava enfraquecendo e não tinha nada a dizer em seus sermões, que pregou por mais de 10 anos. Mais tarde, ele estudou a volta do Senhor. Mas, por medo de ser enganado por falsos cristos, ele rejeitou a salvação do Senhor nos últimos dias. Então, como ele recuperou sua salvação e encontrou o Senhor?

A igreja se torna desolada, não existem mais sermões para pregar

Eu costumava ser um pregador. O Senhor Jesus curou a doença de minha esposa, por isso eu estava muito motivado para abandonar muitas coisas e me gastar para pagar a graça recebida. Durante os primeiros anos de pregação, fui abençoado com a orientação do Espírito Santo e todos puderam se beneficiar dos meus sermões. Contudo, a partir do ano 2000, senti que não tinha mais o Senhor comigo, meus sermões ficaram secos e sem luz, e cada vez menos pessoas compareciam. Alguns crentes mais jovens da igreja começaram a desejar coisas mundanas e saíram para trabalhar e ganhar dinheiro, deixando apenas alguns irmãos e irmãs idosos que compareceriam aos cultos quando desejavam. Além disso, a maioria dos crentes vivia em um ciclo de pecar e confessar. Ver tudo isso gerou uma confusão profunda, que eu não explicar com palavras. Por que a igreja estava tão desolada? Será que o Senhor realmente nos deixou de lado?
 

Filme evangélico "Do trono flui a água da vida" Trecho 1 – Como procurar as pegadas da obra de Deus

Descobrindo a razão da desolação da igreja: O Senhor está realizando uma nova obra

Em abril de 2012, um irmão chamado Zhou veio à minha casa para compartilhar comigo a obra de Deus dos últimos dias, e, quando a conversa se voltou para a desolação da igreja, compartilhei a confusão que existia em meu coração.

O irmão Zhou sorriu e disse: “Quanto à questão da desolação da igreja, vamos dar uma olhada no que aconteceu no templo no final da Era da Lei. Como as pessoas daquele tempo eram incapazes de cumprir à lei promulgada por Jeová Deus e estavam pecando cada vez mais, os sacerdotes estavam oferecendo sacrifícios inferiores, e o templo estava se tornando um mercado. Se as coisas continuassem assim, todos seriam condenados à morte sob a lei. Deus se fez carne, como o Senhor Jesus, para atender às necessidades da humanidade dessa era e realizou a obra de redenção fora do templo, sendo pregado na cruz. Quando o Senhor Jesus realizou essa nova obra, o Espírito Santo não operou mais no templo como antes. É por isso que os fariseus que ficaram no templo e não acompanharam a nova obra de Deus perderam a obra do Espírito Santo e não obtiveram nenhum sustento de Deus. Suas almas ficaram famintas e sedentas, não foram disciplinadas quando pecaram e tornaram-se cada vez mais depravadas. Essa foi a razão da desolação do templo naquela era. Da mesma forma, hoje estamos enfrentando desolação nas igrejas. A razão para isto é que Deus se afastou das igrejas da Era da Graça e está realizando um novo estágio da obra. É porque falta às igrejas a orientação e a proteção da obra do Espírito Santo que questões tais como pregadores que não têm nada para dizer em seus sermões, ciúmes e rivalidades que ocorrem entre colegas de trabalho, almas famintas e a fé dos crentes esfriando. É por isso que, se quisermos ganhar a obra do Espírito Santo, devemos acompanhar a nova obra de Deus.”

Senti que a comunhão do irmão Zhou era muito razoável, que a igreja ficara desolada porque perdera a obra do Espírito Santo. Isso foi algo que eu nunca havia percebido antes! Será que o Senhor realmente se afastou de nós?

Ele parou por um momento e depois me disse com alegria: “Tenho boas notícias para você. O Senhor já se tornou carne, voltou e proferiu milhões de palavras. Ele está realizando a obra de uma nova era!”

Isso foi bastante chocante para mim, e deixei escapar: “Que base você tem para dizer que o Senhor retornou?”

O irmão Zhou disse: “Está profetizado muitas vezes no Apocalipse: ‘Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas.’ Além disso, o Senhor Jesus disse: ‘Ainda tenho muito que vos dizer; mas vós não o podeis suportar agora. Quando vier, porém, Aquele, o Espírito da verdade, Ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por Si Mesmo, mas dirá o que tiver ouvido, e vos anunciará as coisas vindouras’ (João 16:12-13). ‘E, se alguém ouvir as minhas palavras, e não as guardar, eu não o julgo; pois eu vim, não para julgar o mundo, mas para salvar o mundo. Quem me rejeita, e não recebe as minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o julgará no último dia’ (João 12:47-48). E em 1 Pedro 4:17 está dito: ‘Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus.’ Através desses versículos, podemos ver que quando Deus voltar, Ele vai declarar novas palavras e realizar um estágio da obra de julgamento começando pela casa de Deus para nos limpar completamente de nossos caracteres corruptos e nos levar para um lindo destino. Se tivermos um coração que busca e ouvirmos as declarações de Deus com cuidado, nós vamos reconhecer a voz de Deus e ver que Ele já se manifestou.”

Eu aceitei a comunhão do irmão Zhou sobre a saída do Senhor dos locais religiosos e das igrejas pela falta da obra do Espírito Santo, razão pela qual as igrejas se tornaram desoladas e não houve nova luz em nenhum sermão. No entanto, eu simplesmente não podia aceitar o que ele disse sobre o Senhor já ter voltado e realizado um novo estágio da obra. Mas eu não ousei negar, porque imaginei que, se o Senhor tivesse mesmo voltado e eu rejeitasse sem buscar e investigar, não estaria perdendo uma oportunidade? Senti um conflito interno e, por isso, não falei mais nada. Ao sair, o irmão Zhou me deu uma cópia de um livro das palavras de Deus, O julgamento começa pela casa de Deus, e me disse para ler com cuidado.

Recomendado para você: A aparição de Deus inaugurou uma nova era

Uma investigação séria traz luz para minha alma

Depois que saí, eu abri o livro e li: “A aparição de Deus diz respeito à Sua chegada a terra para realizar Sua obra em pessoa. Com Sua identidade e Seu caráter próprios, e de um jeito que Lhe é inato, Ele desce entre os homens para conduzir a obra de iniciar uma era e terminar uma era.” “Hoje, Deus tem uma nova obra. Você pode não aceitar essas palavras, elas podem lhe parecer estranhas, mas Eu o aconselho a não revelar sua naturalidade, pois só aqueles que realmente estão famintos e sedentos de justiça diante de Deus podem obter a verdade, e só aqueles que são verdadeiramente devotados podem ser iluminados e guiados por Deus. Nada resultará da busca da verdade por meio de brigas. Só buscando calmamente podemos obter resultados. Quando Eu digo que ‘hoje, Deus tem obra nova’, estou Me referindo ao retorno de Deus para a carne. Talvez você não se importe com essas palavras, talvez as despreze, ou talvez elas sejam de grande interesse para você. Qualquer que seja o caso, Eu espero que todos aqueles que verdadeiramente anseiam pela aparição de Deus possam encarar esse fato e dar-lhe consideração cuidadosa. É melhor não tirar conclusões precipitadas. É assim que pessoas sábias devem agir.”

Essas palavras incisivas me atingiram profundamente. Elas eram gentis e doces, encorajando todos os crentes verdadeiros, que têm sede da verdade, a tomar a iniciativa de buscar e investigar a nova obra de Deus. Elas também me deram uma direção na minha busca. Depois de ler isto, senti que Deus realmente veio e estava entre nós, que Ele começara uma nova era. É por isso que Ele não estava mais trabalhando na antiga era. Não admira que eu tenha perdido a inspiração em meus sermões. O motivo é que o Espírito Santo partiu dos locais religiosos e estava realizando uma nova obra. É por isso que minha alma estava com tanta fome e sede e que a igreja estava tão desolada. Quanto mais eu lia, mais meu coração se animava. Eu também estava muito comovido e senti que essas palavras não poderiam ter vindo de nenhum ser humano. Parecia realmente ser a voz do Espírito Santo, e eu queria continuar investigando.

O irmão Zhou me visitou outra vez alguns dias depois e comungou comigo sobre os três estágios do trabalho no plano de gerenciamento de 6.000 anos de Deus, os mistérios das encarnações e outros aspectos da verdade. Ele também leu essa passagem das palavras de Deus para mim: “Deus cumprirá este fato: Ele fará com que todas as pessoas em todo o universo venham diante Dele e adorem o Deus na terra, e Sua obra em outros lugares cessará, e as pessoas serão obrigadas a buscar o caminho verdadeiro. Será como José: todos o procuraram em busca de comida e se curvaram diante dele, pois ele tinha coisas para comer. Para evitar a fome, as pessoas serão obrigadas a buscar o caminho verdadeiro. A comunidade religiosa inteira está sofrendo de uma fome severa, e só o Deus de hoje é a fonte da água viva, possuidor dos mananciais perenes providos para o deleite do homem, e as pessoas virão e dependerão Dele.”

Ele então comungou: “As palavras de Deus nos dizem, com clareza, que Ele veio à Terra e está realizando uma nova obra, e que a obra do Espírito Santo em outros lugares está encerrada. Ele agora está operando nas pessoas que aceitaram a Sua nova obra, e é por isso que qualquer que seja o meio humano que usemos para tentar revigorar as igrejas, nada dá certo. Além disso, a vontade de Deus está presente na questão da desolação das igrejas. Portanto, os verdadeiros crentes e as pessoas que amam a verdade, sairão de suas comunidades religiosas e buscarão o caminho verdadeiro. É como quando houve uma fome no território de Israel e todos foram até José, no Egito, em busca de comida. E hoje, Deus Todo-Poderoso é a única fonte de água da vida, portanto, somente se colocando diante Dele e aceitando Sua obra dos últimos dias podemos ganhar o sustento da água viva. Nós vimos o mundo religioso ficar mais desolado e a fé dos crentes enfraquecer, mas a Igreja de Deus Todo-Poderoso é diferente. Apesar da brutal repressão e perseguição do Partido Comunista Chinês, a calúnia e a condenação do mundo religioso, o impulso das pessoas para seguir a Deus Todo-Poderoso e divulgar o evangelho para dar testemunho de Deus está cada vez maior. Além da Igreja de Deus Todo-Poderoso não entrar em colapso, cada vez mais pessoas estão se juntando a ela. Isso mostra que a Igreja de Deus Todo-Poderoso possui a obra do Espírito Santo! E isso cumpre com precisão o que está escrito na Bíblia: ‘Caso seja dos homens, se desfará; mas, se é de Deus, não podereis derrotá-los…’ (Atos 5:38-39).”

Ouvir as palavras de Deus e a comunhão do irmão Zhou continuaram a iluminar meu coração. Pensei em como a Igreja de Deus Todo-Poderoso foi a única a dar testemunho da volta do Senhor Jesus e sofreu a mais severa perseguição do Partido Comunista Chinês, mas surpreendentemente, foi a igreja que cresceu com mais rapidez. Qualquer coisa que vem de Deus prosperá com certeza. Se não fosse a orientação de Deus, o desenvolvimento da igreja teria estagnado muito antes. A Igreja de Deus Todo-Poderoso realmente tem a obra do Espírito Santo! Vendo tal realidade, meu desejo de investigar se tornou maior. Como não tinha mais nada para pregar, eu deixei de dar sermões na igreja, e fiquei em casa lendo as palavras de Deus. O irmão Zhou também vinha com frequuência comungar comigo.

Instável em minha nova fé, fui perturbado por amigos da igreja e parei de investigar o verdadeiro caminho 

Um dia, algumas semanas depois, meus velhos amigos da igreja, os primeiros que compartilharam o evangelho comigo, um casal, vieram à minha casa e disseram, com raiva: “Você não faz um sermão na igreja há mais de um mês, e ouvimos dizer que você está crendo na Relâmpago do Oriente agora. Como é possível que esteja tudo bem? O Senhor curou a doença de sua esposa, mas você não acredita mais Nele. Isso não é uma enorme ingratidão?” Eles continuaram falando: “Na Bíblia, o Senhor Jesus disse: ‘Se, pois, alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! ou: Ei-lo aí! não acrediteis; porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios; de modo que, se possível fora, enganariam até os escolhidos’ (Mateus 24:23-24). Você é um dos pregadores da igreja, portanto, deveria ser a pessoa com mais clareza a respeito das palavras do Senhor Jesus. Ele nos disse que, se ouvirmos pessoas dizendo que Cristo está neste ou naquele lugar, não podemos acreditar nelas. Desta forma, não seremos enganados. Será que você não vai mais ouvir as palavras do Senhor Jesus? Você tem que voltar imediatamente, colocar-se diante do Senhor para confessar e se arrepender. Ele perdoa nossa tolice e ignorância, mas se você não fizer isso, será expulso pela igreja.”

Depois de ouvir tudo o que eles disseram, fiquei muito chateado, sem saber o que fazer. O Senhor Jesus realmente disse que existiriam falsos Cristos nos últimos dias, que desencaminhariam as pessoas, mas, ao ler as palavras de Deus Todo-Poderoso, que elas vieram do Espírito Santo. Além disso, o irmão Zhou comungou comigo que a razão para a desolação da igreja era que Deus estava realizando uma nova obra e, portanto, não estava mais operando em nossa igreja. Essa era a verdade! Eu realmente não sabia o que fazer. Quando eu não sabia mais o que fazer, minha esposa me aconselhou: “Eles estão certos. Há falsos cristos nos últimos dias, por isso precisamos ter cuidado. Além disso, foi o Senhor Jesus quem salvou a minha vida, por isso devemos ouvi-los.”
 

Filme evangélico "Quem é Ele que voltou" Trecho 1 – Como diferenciar entre o verdadeiro Cristo e os falsos cristos 1

Isso me deixou em uma intensa batalha interna. Quando pensei em quão esclarecedora era a comunhão do irmão Zhou e nas maravilhosas palavras de Deus Todo-Poderoso, senti que o Senhor realmente estava andando entre os homens. Mas a Bíblia afirma com muita clareza que existiram falsos cristos e falsos profetas nos últimos dias, que vêm para enganar as pessoas, e eu estava carente de discernimento. Seu me desviasse, não seria rejeitado e colocado de lado? Eu estava mesmo com medo de ser enganado. Eu refleti muito e, enfim, decidi voltar para a igreja e pensar sobre o que eu estava investigando mais tarde.

Alguns dias depois, o irmão Zhou apareceu novamente. Eu devolvi o livro para ele e pedi para que não viesse mais. Ele queria comungar comigo e com minha esposa, mas nenhum de nós ouviu o que ele tinha para dizer. Eu insisti que levasse o livro de volta, mas ele nos aconselhou: “Irmão e irmã, estas são as palavras de Deus. Elas são a verdade, e podem nos dar sustento. Vocês vão se arrepender se rejeitarem isso. Onde vão encontrá-la outra vez?” Suas palavras me fizeram pensar, mas ainda devolvi o livro para ele.

Afogado em sofrimento, eu implorei a Deus pela Sua orientação e busquei as pegadas do Senhor novamente

Comecei a me sentir muito infeliz depois da última visita do irmão Zhou. Quando estava no púlpito da igreja, eu não tinha ideia do que falar, não tinha mais ânimo. Eu sempre pensava no que ele dissera, que Deus Todo-Poderoso era o Senhor Jesus que voltou, e que eu acabaria me arrependendo de me recusar a aceitar o verdadeiro caminho. Às vezes isso me deixava sem sono a noite toda, sacudindo e me revirando, pensando que, em todos aqueles anos de fé, eu ficava sempre esperando pela volta do Senhor, então, se Deus Todo Poderoso era realmente o Senhor Jesus que voltou e eu não seguisse os passos de Deus, minha fé não seria sem propósito? Em meu sofrimento, coloquei-me diante do Senhor em oração: “Ó Senhor! Estou realmente perdido neste momento. Ouvi dizer que Tu retornaste, mas tenho medo de ser levado ao caminho errado por um falso Cristo, por isso tenho medo de continuar a buscar e investigar. Senhor, minha alma está na escuridão e não consigo sentir Tua presença. Por favor, me guie e me mostre a senda que preciso seguir.”

Depois disso, eu encontrei uma profecia na Bíblia sobre a volta do Senhor que realmente me deu algo para pensar: “Vi na destra do que estava assentado sobre o trono um livro escrito por dentro e por fora, bem selado com sete selos. Vi também um anjo forte, clamando com grande voz: Quem é digno de abrir o livro e de romper os seus selos? E ninguém no céu, nem na terra, nem debaixo da terra, podia abrir o livro, nem olhar para ele. E eu chorava muito, porque não fora achado ninguém digno de abrir o livro nem de olhar para ele. E disse-me um dentre os anciãos: Não chores; eis que o Leão da tribo de Judá, a raiz de Davi, venceu para abrir o livro e romper os sete selos” (Apocalipse 5:1-5). Estava claro no Apocalipse, apenas Deus pode abrir o pergaminho e os sete selos. Eu pensei no que estava escrito no livro que o irmão Zhou me deu, nada daquilo estava na Bíblia e revelava muitos mistérios contidos nela. Se não fosse o Senhor Jesus que voltou, quem mais poderia abrir esses mistérios bíblicos de milhares de anos? O Senhor Jesus disse: “Por isso ficai também vós apercebidos; porque numa hora em que não penseis, virá o Filho do homem” (Mateus 24:44). As palavras do Senhor Jesus eram muito claras. O Senhor vem quando nós menos esperamos, e como há pessoas testemunhando a volta do Senhor, por que eu não investigaria? Além disso, a comunhão do irmão Zhou sobre o motivo da desolação da igreja foi bastante precisa! Ela realmente resolveu a confusão que estava dentro de mim. Quanto mais eu pensava nisso, mais ficava arrependido. Eu sabia que não deveria ter ouvido meus amigos da igreja e devolvido o livro. Eu não sabia mais onde encontrar o irmão Zhou. O que podia fazer?

Recomendado para você: Na segunda vinda do Senhor Jesus Cristo, só pode ser a forma de vir nas nuvens?

Eu fiquei muito mal humorado nos dias seguintes. Ocasionalmente, eu pegava uma Bíblia e folheava sem saber o que ler e, às vezes, até cochilava. Nesses momentos eu desejava muito ver o irmão Zhou! Eu comecei a ir à entrada da cidade todos os dias para olhar em volta e, em algumas oportunidades, ficava parado lá por sabe-se lá quanto tempo, esperando que ele aparecesse na minha frente. Mas depois de alguns dias, não vi nenhum sinal dele Fiquei muito desanimado. Tudo o que pude fazer foi orar ao Senhor e suplicar: “Senhor, sinto que Tu encarnaste e estás entre nós novamente, mas perdi a oportunidade por causa da minha ignorância e loucura. Eu espero mesmo que o irmão Zhou venha comungar comigo para que eu tenha outra chance de buscar e investigar isso. Se eu tiver essa oportunidade outra vez, não vou deixar passar.”

Eu dou graças ao Senhor, pois Ele ouviu minha oração. Um dia encontrei, na rua, uma irmã que conheci na igreja e lhe contei o que o irmão Zhou havia dito sobre o Senhor se tornar carne novamente e realizar da Era do Reino. Para minha surpresa, descobri que ela já havia aceitado a obra do Senhor nos últimos dias. Ela disse, muito feliz: “Você tem tanta sorte de ter ouvido falar da volta do Senhor. Já que você tem o desejo de buscar e investigar, amanhã, eu virei com outra irmã para que possamos comungar.” Eu estava exultante.

Aprendendo como discernir o verdadeiro Cristo dos falsos e perdendo meu medo de ser desviado em minha investigação

No dia seguinte, essas duas irmãs vieram e eu compartilhei minha experiência com meus amigos da igreja, bem como o meu medo de ser enganado por um falso Cristo, que me deixava relutante em continuar minha investigação. Uma deles tinha isto a dizer sobre minha confusão: “Devemos ter um entendimento puro das Escrituras. O Senhor Jesus disse: ‘Se, pois, alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! ou: Ei-lo aí! não acrediteis; porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios; de modo que, se possível fora, enganariam até os escolhidos’ (Mateus 24:23-24). Isso nos diz que, quando o Senhor vem nos últimos dias, falsos cristos vão aparecer. Todos aqueles que imitam a obra passada de Deus e usam sinais e maravilhas para enganar as pessoas são falsos cristos. O Senhor Jesus nos disse para ficarmos alertas contra a enganação dos falsos cristos, mas Ele não nos disse para nos recusarmos a olhar para qualquer notícia que ouvimos sobre a vinda do Senhor. Rejeitar tudo sem exceção, não é jogar fora o bebê junto com a água suja? Dessa forma, como você poderia receber a volta do Senhor Jesus nos últimos dias? O ponto crucial é que temos que aprender a discernir o verdadeiro Cristo dos falsos e, se compreendermos esse aspecto da verdade, não precisamos mais ter medo de ser enganados.”

Ela, então, continuou e leu estas duas passagens da palavra de Deus: “Deus tornado carne é chamado de Cristo, logo, o Cristo que pode dar a verdade às pessoas é chamado de Deus. Não há nada de excessivo nisso, pois Ele possui a substância de Deus e possui o caráter de Deus e sabedoria em Sua obra, que são inalcançáveis pelo homem. Aqueles que se dizem Cristo, mas não podem fazer a obra de Deus são fraudes. Cristo não é meramente a manifestação de Deus na terra, mas também a carne específica assumida por Deus enquanto Ele realiza e conclui Sua obra entre os homens. Essa carne não é do tipo que pode ser substituída por qualquer homem, mas do tipo que é capaz de suportar adequadamente a obra de Deus na terra, de expressar o caráter de Deus, de representar bem a Deus e de fornecer vida ao homem. Cedo ou tarde, todos aqueles que personificam Cristo cairão porque, embora aleguem ser Cristo, nada possuem da substância de Cristo. E por isso Eu digo que a autenticidade de Cristo não pode ser definida pelo homem, mas é respondida e decidida pelo Próprio Deus.”

“Exceto Cristo, aqueles que afirmam falsamente ser Cristo não têm Suas qualidades. Quando justaposto contra o caráter arrogante, que exalta a si mesmo, daqueles falsos cristos, torna-se evidente que tipo de carne é verdadeiramente a de Cristo. Quanto mais falsos, mais esses falsos cristos se exibem, e mais capazes são de realizar sinais e maravilhas para enganar o homem. Os falsos cristos não têm as qualidades de Deus; Cristo não está contaminado por qualquer elemento pertencente aos falsos cristos. Deus Se torna carne apenas para completar a obra da carne, não apenas para permitir que todos os homens O vejam. Em vez disso, Ele deixa Sua obra afirmar Sua identidade e permite que o que Ele revela comprove Sua substância. Sua substância não é sem fundamento, Sua identidade não foi tomada pela mão Dele, ela é determinada por Sua obra e Sua substância.”

Ela continuou para comungar: “Aqui, Deus nos diz a verdade sobre como discernir o verdadeiro Cristo dos falsos. Se for Deus encarnado, Ele terá a essência de Deus, será capaz de expressar Sua disposição e o que Ele tem e é. Ele vai inaugurar a nova obra de Deus. Sabemos que as palavras proferidas por Deus estão repletas de autoridade e poder, e Ele pode não apenas criar os céus, a terra e todas as coisas com Suas palavras, mas também pode usá-las para salvar a humanidade e conceder o caminho, a verdade e a vida a nós. Deus encarnado também é capaz de encerrar a antiga era e começar uma nova. Ele pode realizar a obra de redimir a humanidade e, em particular, pode realizar a obra de salvar plenamente o homem. Isso é determinado pela própria essência de Deus. O mesmo aconteceu com o Senhor Jesus, Ele era um homem comum, mas tinha a essência de Cristo. Ele era a personificação do Espírito de Deus. Ele iniciou a Era da Graça e encerrou a Era da Lei, trazendo-nos o caminho do arrependimento e apontando a senda da prática para a nova era. Ele expressou um caráter de misericórdia e amor, revelou muitos sinais e maravilhas, curando doenças, expulsando demônios, trazendo pessoas de volta dos mortos, acalmando o vento e as ondas, e assim por diante. Por fim, Ele foi crucificado, completando a obra de redimir toda a humanidade. Da mesma forma, Deus Todo-Poderoso, que se tornou carne nos últimos dias, parece ser uma pessoa comum e normal por fora, mas Ele possui a essência de Deus. Ele encerrou a Era da Graça e começou a Era do Reino. Ele está realizando o estágio de julgar e purificar a humanidade sobre o fundamento da obra de redenção do Senhor Jesus. Deus Todo-Poderoso expressou todas as verdades para salvar plenamente a humanidade. Ele revelou os mistérios do plano de gerenciamento de seis mil anos de Deus, bem como os mistérios da encarnação e da Bíblia. Ele também nos contou uma miríade de aspectos da verdade, incluindo como ter fé e adorar a Deus, como cumprir o dever de um ser criado e como rejeitar nossos caracteres corruptos. Ele nos apontou a senda para alcançar a salvação e expressou Seu caráter justo. Podemos reconhecer plenamente que Deus Todo-Poderoso é Deus encarnado olhando para Suas obras e palavras.

Os falsos cristos, por outro lado, não têm a essência de Deus e são incapazes de expressar a verdade. Eles não podem revelar os mistérios do plano de gerenciamento de Deus. Eles não podem nos mostrar a senda para purificar nossa corrupção, nem podem abrir uma nova era ou encerrar uma era antiga. É por isso que tudo o que eles podem fazer é imitar a obra que Deus já fez, enganando as pessoas, mostrando sinais e maravilhas. No entanto, eles não podem realizar grandes milagres, como ressuscitar os mortos ou alimentar cinco mil pessoas com cinco pães e dois peixes. Isso acontece porque eles não têm o poder e a autoridade de Deus. É por isso que a chave para discernir entre o verdadeiro Cristo e os falsos é ver se eles são capazes de expressar a verdade e realizar a obra de Deus.”

Ao ouvir isso, respondi com entusiasmo: “Ao ler as palavras de Deus e ouvir sua comunhão, aprendi a distinguir entre o verdadeiro Cristo e um falso. Temos que julgar pelas obras e palavras. Um falso Cristo carece da essência de Deus e é incapaz de expressar a verdade. Tudo o que eles podem fazer é enganar as pessoas mostrando algumas habilidades estranhas. O Senhor Jesus profetizou que falsos cristos apareceriam nos últimos dias, pois estava preocupado com a possibilidade de eles nos enganarem. Ele não fez isso para que nos recusássemos a investigar a obra do Senhor que retornou. Mas mesmo que tenha visto com clareza que as palavras de Deus Todo-Poderoso são poderosas, cheias de autoridade e trouxeram luz para o meu coração, eu escutei cegamente a má interpretação que meus amigos da igreja faziam das palavras do Senhor e, por isso, me recusei a investigar as palavras de Deus Todo-Poderoso. Se não fosse pela misericórdia de Deus, através da vinda de vocês duas para comungar comigo, eu teria perdido a salvação de Deus dos últimos dias e ficaria arrependido pelo resto da minha vida. Agora eu sei discernir o verdadeiro Cristo de um falso e não preciso mais ter medo de ser enganado. Eu posso investigar com confiança a obra de Deus Todo-Poderoso.” As irmãs assentiram com alegria quando ouviram que eu estava disposto a investigar a obra de Deus e deixaram comigo outro livro das palavras de Deus. Eu senti que era um tesouro inestimável.

Retornando para Deus e relembrando Seu amor

Depois de algum tempo, lendo as palavras de Deus, comecei a entender mais verdades. Comecei a sentir paz e alegria em minha alma. Nas reuniões, todos os irmãos e irmãs são abertos e honestos. Todos comungam suas experiências pessoais de julgamento e limpeza pelas palavras de Deus, apoiando e fornecendo sustento um ao outro. Sempre que tenho algum tipo de dificuldade, todos compartilham a comunhão das palavras de Deus com paciência, para que eu possa encontrar uma senda de prática. Eu provei a alegria da obra e da orientação do Espírito Santo, e estou absolutamente certo de que Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus que voltou.

Pensando em meu processo de investigar o verdadeiro caminho, embora enfrentando altos e baixos, minha conclusão é que Deus nos guiará desde que busquemos genuinamente. Dou graças a Deus por me permitir encontrar outra vez a salvação que perdi e reunir-me novamente com o Senhor!

Por Jiang Ping
 

Recomendado para você:
 

Filme evangélico "Batendo à porta" Trecho 2 – Que erros são mais facilmente cometidos em se acolher ao Senhor?

Leia mais: 
1-
Como escapar completamente do pecado? Ele encontrou o caminho! (I)
2-Como escapar completamente do pecado? Ele encontrou o caminho! (II)

 

Comentários