Você sabia que o Julgamento do Grande Trono Branco nos últimos dias começou?

O Julgamento do Grande Trono Branco profetizado no livro do Apocalipse é a obra de julgamento de Deus nos últimos dias. Você sabia que a profecia já foi cumprida? Leia este artigo para saber mais.

Resposta:

Todos aqueles que verdadeiramente entendem a Bíblia, sabem que o julgamento do grande trono branco profetizado no Livro do Apocalipse é uma visão da obra de julgamento de Deus nos últimos dias. O Deus Todo-Poderoso encarnado veio para expressar a verdade e realizar Sua obra de julgamento nos últimos dias, começando a purificar e a salvar a humanidade corrupta. Isso significa que o julgamento do grande trono branco já começou. O julgamento começa pela casa de Deus.Ele primeiro formará um grupo de vencedores antes do desastre. Depois, Deus trará grandes desastres e começará a recompensar os bons e a castigar os maus, até que esta era maligna esteja destruída. Então o julgamento do grande trono branco de Deus nos últimos dias estará completo. Depois, Deus aparecerá abertamente para começar uma nova era. Todos podemos ver claramente agora. O prenúncio dos grandes desastres — quatro luas de sangue consecutivas — já apareceram. Os grandes desastres se aproximam. Quando o grande desastre vier, qualquer um que resistir a Deus, julgá-Lo ou opuser-se a Ele, e a prole de Satanás serão destruídos no desastre. Isso não é exatamente o julgamento do grande trono branco? Podemos ver das profecias da Bíblia, que o retorno do Senhor está separado em dois estágios: a chegada secreta e a chegada aberta. Primeiro, o Senhor vem como um ladrão, o que significa que Deus encarnado chega secretamente para expressar a verdade e executar Sua obra de julgamento nos últimos dias. O objetivo principal é o de aperfeiçoar um grupo de vencedores. Isso cumpre a profecia de que “o julgamento começa pela casa de Deus”. A obra de julgamento de Deus nos últimos dias já começou quando Deus encarnado chegou secretamente para expressar a verdade e julgar a humanidade. A primeira parte da obra é começar o julgamento na casa de Deus. Com isso, Deus purifica e salva aqueles que ouvem Sua voz e são trazidos diante Dele, tornando-os vencedores. Então a grande obra de Deus estará cumprida, e os grandes desastres começarão. Deus usará desastres para punir e destruir este velho mundo. Assim, a obra de julgamento de Deus nos últimos dias alcançará seu clímax. Quando Deus aparecer abertamente nas nuvens, Sua obra de julgamento estará completada. O reino de Deus aparecerá em seguida. Isso então cumpre a profecia da nova Jerusalém descendo dos céus. Assim como Deus Todo-Poderoso diz: “Um aspecto da obra de Deus é conquistar toda a humanidade e ganhar o povo escolhido através de Suas palavras. Outro aspecto é conquistar todos os filhos da rebelião através dos vários desastres. Essa é uma parte da obra de larga escala de Deus. É só dessa maneira que o reino que Deus quer na terra pode ser plenamente alcançado e essa é a parte da obra de Deus que parece ouro refinado” (de ‘Capítulo 17’ das interpretações dos mistérios das palavras de Deus para todo o universo em “A Palavra manifesta em carne”). As palavras de Deus Todo-Poderoso resumem Sua obra de julgamento nos últimos dias com precisão. Podemos entender facilmente. O julgamento de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias é o julgamento do grande trono branco profetizado no Livro do Apocalipse. Segundo a obra de julgamento de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias, também podemos compreender do que se trata a profecia do Apocalipse com relação à abertura de livros para julgar os mortos, e a abertura do livro da vida. Na verdade, a abertura de livros para julgar os mortos é o julgamento de Deus de todos os incrédulos e todos os que O negaram e se opuseram a Ele. Este julgamento é a condenação, a punição e a destruição de todos eles. E a abertura do livro da vida refere-se ao julgamento que começa na casa de Deus. Isto é, Deus Todo-Poderoso, Cristo dos últimos dias, expressando a verdade para julgar e purificar todos que foram trazidos perante Seu trono. Essas pessoas escolhidas de Deus, que aceitam o julgamento de Deus Todo-Poderoso e são trazidas diante Dele, são objetos do julgamento, da purificação e salvação de Deus. O julgamento que começa na casa de Deus é para aperfeiçoar esse grupo de pessoas antes do desastre. Apenas esse grupo de pessoas são as virgens sábias, cujos nomes estão gravados no livro da vida, os 144 mil vencedores profetizados no Livro do Apocalipse. As pessoas que entrarão, por fim, no reino dos céus para herdar a vida eterna. Isso cumpre o que foi profetizado no Apocalipse: “E olhei, e eis o Cordeiro em pé sobre o Monte Sião, e com ele cento e quarenta e quatro mil, que traziam na fronte escrito o nome dele e o nome de seu Pai. E ouvi uma voz do céu, como a voz de muitas águas, e como a voz de um grande trovão e a voz que ouvi era como de harpistas, que tocavam as suas harpas. E cantavam um cântico novo diante do trono, e diante dos quatro seres viventes e dos anciãos; e ninguém podia aprender aquele cântico, senão os cento e quarenta e quatro mil, aqueles que foram comprados da terra. Estes são os que não se contaminaram com mulheres; porque são virgens. Estes são os que seguem o Cordeiro para onde quer que vá. Estes foram comprados dentre os homens para serem as primícias para Deus e para o Cordeiro. E na sua boca não se achou engano; porque são irrepreensíveis” (Apocalipse 14:1-5).

Recomendado para você:

Filme evangélico "Do trono flui a água da vida" Trecho 4 – Por que Deus realiza a obra de julgamento nos últimos dias?

A obra de julgamento de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias cumpre completamente a visão do julgamento do grande trono branco profetizado no Livro do Apocalipse. O grande trono branco simboliza a santidade de Deus, assim como Sua autoridade. Então, como podemos conhecer a autoridade de Deus? Todos nós sabemos. Deus criou os céus e a terra e todas as coisas com Sua palavra. Ele usa Sua palavra para orientar, purificar e salvar a humanidade, para realizar tudo. A palavra de Deus representa Sua autoridade. Assim como a palavra de Deus diz: “Se Eu falo, será. Se Eu ordenar, ficará firme” (de ‘Capítulo 21’ das declarações de Cristo no princípio em “A Palavra manifesta em carne”). “O que Eu disse deve ser levado em consideração, o que é levado em consideração deve ser concluído, e isso não pode ser mudado por pessoa alguma; é absoluto” (de ‘Capítulo 1’ das palavras de Deus para todo o universo em “A Palavra manifesta em carne”). A obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias é a obra da palavra. Deus usa Sua palavra para controlar o universo inteiro e toda a humanidade. Ele usa Sua palavra para orientar e suprir a humanidade, e agora a está usando para julgá-la e purificá-la. Deus Todo-Poderoso diz: “Desejo trazer pessoas de todo o mundo para a terra de Canaã, e assim continuo a proferir declarações na terra de Canaã para controlar todo o universo. Neste momento, não há luz em toda a terra além de Canaã, e todos os homens estão ameaçados pela fome e pelo frio” (de ‘O ressoar dos sete trovões: profetizando que o evangelho do reino se expandirá por todo o universo’ em “A Palavra manifesta em carne”). “Durante os últimos dias, quando Deus encarna, Ele utiliza principalmente a palavra para realizar tudo e deixar tudo claro” (de ‘Tudo é realizado pela palavra de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”). “Todos os iníquos serão castigados pelas palavras da boca de Deus, todos os justos serão abençoados pelas palavras da boca de Deus, e todos serão edificados e tornados completos pelas palavras de Sua boca. Ele não mostrará quaisquer sinais nem maravilhas; tudo se cumprirá por Suas palavras e Suas palavras produzirão fatos. Todos na terra celebrarão as palavras de Deus, sejam adultos ou crianças, homens, mulheres, velhos ou jovens, todas as pessoas se submeterão às palavras de Deus” (de ‘O Reino Milenar chegou’ em “A Palavra manifesta em carne”).

A expressão da palavra de Deus Todo-Poderoso é como o relâmpago disparado no Leste direto para o Oeste. Ela purifica e aperfeiçoa todos aqueles que retornam diante do trono de Deus, e expõe os fariseus hipócritas que odeiam a verdade, bem como os iníquos que negam e opõem-se a Deus. Ao mesmo tempo, ela abate todos os filhos da desobediência. A obra de julgamento de Deus Todo-Poderoso na terra, nos últimos dias, mostra que Deus já está sentado e governando sobre Seu trono. Mesmo que este velho mundo de maldade e escuridão ainda exista pelo tempo presente, muitos desastres em breve recairão sobre o mundo e o destruirão. Não há força na terra que possa destruir o reino de Deus, e nenhuma força que possa eliminar a obra de Deus ou impedir seu avanço. Exercer Deus Sua autoridade para executar Sua obra de julgamento na terra é o mesmo que Seu trono nos céus: é algo que ninguém pode abalar nem mudar. É um fato. Assim como Deus Todo-Poderoso diz: “O reino está se expandindo no meio da humanidade, está se formando no meio da humanidade, está em pé no meio da humanidade; não há força que possa destruir o Meu reino” (de ‘Capítulo 19’ das palavras de Deus para todo o universo em “A Palavra manifesta em carne”). Essa é a autoridade e o poder demonstrados pela palavra de Deus. A palavra de Deus exercendo poder sobre a terra é Cristo governando sobre a terra. Isso é Deus já governando sobre Seu trono na terra. É suficiente para mostrar que o reino de Deus já desceu sobre a terra. É um fato que ninguém pode negar. Podemos ver que a vontade de Deus já está completamente realizada na terra, assim como no céu. O Senhor Jesus disse: “Venha o Teu reino, seja feita a Tua vontade, assim na terra como no céu” (Mateus 6:10). Apocalipse, também profetizou: “E tocou o sétimo anjo a sua trombeta, e houve no céu grandes vozes, que diziam: O reino do mundo passou a ser de nosso Senhor e do seu Cristo, e Ele reinará pelos séculos dos séculos. E os vinte e quatro anciãos, que estão assentados em seus tronos diante de Deus, prostraram-se sobre seus rostos e adoraram a Deus, dizendo: Graças te damos, Senhor Deus Todo-Poderoso, que és, e que eras, porque tens tomado o Teu grande poder, e começaste a reinar” (Apocalipse 11:15-17). Estas palavras já se tornaram realidade. São todas verdades cumpridas pela obra de julgamento de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias.

de “Perguntas e respostas clássicas sobre o evangelho do reino”

Recomendado para você:

Filme evangélico "Abençoados são os pobres em espírito" Trecho 4 – Cristo realiza a obra do julgamento com a verdade

Minha justiça, majestade e julgamento não mostram misericórdia por Satanás, mas, por vocês; elas são para salvá-los, embora vocês sejam simplesmente incapazes de compreender Meu caráter, assim como não conhecem os princípios por trás de Minhas ações” (de ‘Capítulo 90’ das declarações de Cristo no princípio em “A Palavra manifesta em carne”). Essas linhas das palavras de Deus se referem aos resultados que a justiça, a majestade e o julgamento de Deus realizam nas pessoas. Qual são os resultados? Algumas pessoas não conseguem ver. “Minha justiça, majestade e julgamento não mostram misericórdia por Satanás.” Qual é o significado dessas palavras? Algumas pessoas dizem: “O significado dessas palavras é que a justiça, majestade e julgamento de Deus se dirigem a Satanás, não às pessoas”. Essa interpretação é certa ou errada? Essa interpretação é errônea, até absurda. Aqui diz também: “Mas, por vocês; elas são para salvá-los”. O que isso significa? “Vocês” se refere às pessoas escolhidas por Deus, a todos os que aceitam a obra de Deus. Para as pessoas escolhidas por Deus e para todos aqueles que verdadeiramente creem Nele, a justiça, a majestade e o julgamento de Deus são para a salvação deles. Algumas pessoas acham que isso é uma contradição e dizem: “Elas não mostram misericórdia para com Satanás, mas servem para salvar as pessoas; então, a justiça, a majestade e o julgamento de Deus se dirigem a Satanás ou às pessoas?” É fácil resolver essa questão? Algumas pessoas podem pensar desta forma: “Dentre todas as pessoas, algumas pertencem a Satanás, o diabo, e outras fazem parte das pessoas escolhidas por Deus, que são o objeto da salvação. Assim, para Satanás, a justiça, a majestade e o julgamento de Deus são revelação, eliminação ou punição. Para as pessoas escolhidas por Deus, para aquelas que creem verdadeiramente Nele, são completamente para a salvação, purificação e o aperfeiçoamento”. Essa interpretação é correta ou errada? Essa interpretação é correta. Essas pessoas encontraram o caminho. Então, diga-me: quem deve ser submetido ao julgamento justo, majestoso e irado de Deus? Todos devem aceitá-lo. Não está bem se alguém não o aceitar. Em outras palavras, ninguém pode escapar dele; isso é um fato. Algumas pessoas dizem: “Deus declara Suas palavras, mas os incrédulos, os religiosos, e as pessoas que pertencem a Satanás nem as ouvem nem as leem!” Se não as ouvem ou leem, eles podem escapar do julgamento e castigo de Deus? Pode ser que escapem do julgamento e castigo das palavras de Deus, mas podem escapar da ira de Deus e dos desastres enviados por Ele? Podem escapar do julgamento e castigo dos fatos reais? Ninguém pode escapar. Se você não aceitar o julgamento e castigo das palavras de Deus, então precisa aceitar o julgamento e castigo dos fatos reais. Qual, então, é o julgamento e castigo dos fatos reais? É o desastre! Assim, o julgamento do grande trono branco de Deus nos últimos dias já começou.

O julgamento das palavras de Deus se dirige às pessoas escolhidas de Deus. O julgamento dos fatos reais, o julgamento e castigo dos desastres se dirigem aos incrédulos. Dessa forma, então, a obra do julgamento apresenta dois aspectos, que são executados simultaneamente. Isso não pode ser ignorado. Algumas pessoas dizem: “As pessoas escolhidas na família de Deus estão sendo submetidas ao Seu julgamento e castigo, mas os incrédulos estão comendo, bebendo e se divertindo, e eles não aceitaram o julgamento e castigo de Deus!”. O julgamento e castigo dos fatos reais é diferente do julgamento e castigo das palavras. O julgamento e castigo das palavras ocorre ao longo de muito tempo, mas o julgamento e castigo por meio dos fatos reais virá num espaço de tempo curto, num instante. É semelhante a um grande terremoto; quando as pessoas estão comendo, bebendo e se divertindo, de repente, o solo estremece e o grande terremoto acontece. Todos querem correr, mas não conseguem, e acabam mortos, esmagados. O julgamento e castigo dos fatos reais é rápido, passageiro, repentino e impossível de impedir. O julgamento e castigo das palavras é diferente. Leva um certo período de tempo. Além disso, algumas pessoas não comeram nem beberam as palavras de Deus e algumas as comeram e beberam, mas não as levaram a sério. Algumas pessoas as levaram a sério, mas não experimentaram seu julgamento. Não as experimentar é inaceitável. Quando as experimentam pela primeira vez, podem não ser capazes de obedecer, não têm conhecimento nem entendimento delas. Depois de um tempo, têm um pouco de entendimento e, após um pouco mais de tempo, entendem um pouco mais. Após experimentá-las um pouco mais, conseguem entendê-las melhor, e então o arrependimento e a mudança reais podem surgir. Esse é o processo da busca da verdade. Do não entendimento para o entendimento, a obediência resulta do entendimento, e o conhecimento resulta da obediência. Esse processo leva muito tempo. Algumas pessoas levam de dez a vinte anos para alcançar resultados, e outras levam de vinte a trinta anos. E enquanto experimentamos o julgamento e castigo das palavras de Deus, o que os incrédulos fazem? Comem, bebem, se divertem, dormem e sonham! Quando passamos por julgamento e castigo suficientes e somos purificados, e começamos a regozijar e louvar a Deus, quando as pessoas de Deus forem tornadas completas por Ele, o desastre dos incrédulos virá. E quando os desastres vierem, será a hora da sua morte! A maioria das pessoas já notou que “esse é o julgamento do grande trono branco! O julgamento e castigo das palavras é interno, e a vinda e punição dos desastres são externas. Aqueles que não creem em Deus e os que resistem a Ele devem todos morrer nos desastres”. Qual é a relação temporal entre o julgamento e castigo internos das palavras e a punição externa dos desastres? Eles são simultâneos. Todos os tipos de desastres também acontecem com os incrédulos, mas não são tão grandes nem são classificados como desastres devastadores. Uma vez que as pessoas escolhidas por Deus forem completadas, quando aparecer um grupo de vencedores, “cabum!”, os grandes desastres descerão imediatamente. Este é o julgamento e castigo dos desastres usados para eliminar os incrédulos. Esse julgamento e castigo é repleto de ira e majestade!

de “Sermões e comunhão sobre a entrada na vida”, volume 121

Recomendado para você:

Filme evangélico "Que bela voz" Trecho 5 – O julgamento de Deus dos últimos dias é a salvação para o homem

Algumas pessoas leem as palavras de Deus e veem que há coisas severas no julgamento da humanidade, como condenação e maldição. Elas pensam que se Deus julga e amaldiçoa, não serão elas condenadas e punidas também? Como é possível que tal julgamento sirva para purificar a salvar a humanidade? A palavra de Deus diz: "O que Deus amaldiçoa é a desobediência do homem e o que Ele julga são os pecados do homem." "Todas as revelações severas da palavra têm a intenção de guiá-lo ao caminho correto" (A Palavra manifesta em carne). Qual a maneira mais correta para entender a obra do julgamento de Deus nos últimos dias?

Leia mais:
1-O que é o julgamento de Deus nos últimos dias?
2-Estudo sobre o juízo final: O que é o Juízo Final?

Comentários