Você sabia? Jesus Cristo vai voltar de duas formas

Como Jesus Cristo vai voltar? A Bíblia profetiza, com clareza, duas formas pelas quais Ele deve voltar. Leia, agora, para aprender mais.

Depois que o Senhor Jesus ressuscitou e subiu aos céus, todos os cristãos que acreditavam Nele com sinceridade começaram a esperar por Sua segunda vinda. Em particular, nós que nascemos nos últimos dias, aguardamos ainda mais pela Sua segunda vinda, quando Ele nos levará para o reino celestial. Enquanto nos apegamos a essa esperança, estamos cientes da maneira pela qual a segunda vinda do Senhor se manifestará? Este assunto está relacionado com a importante questão de saber se podemos ou não receber a vinda do Senhor, por isso é essencial que a discutamos com seriedade.

Dizem que quando a segunda vinda do Senhor chegar, Ele definitivamente virá entre as nuvens com grande poder e glória, pois existem muitas profecias sobre isso na Bíblia. Por exemplo: “Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até mesmo aqueles que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele” (Apocalipse 1:7). “Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem, e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão vir o Filho do homem sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória” (Mateus 24:30). Também, quando o Senhor Jesus ressuscitou e ascendeu aos céus, um anjo disse: “Varões galileus, por que ficais aí olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi elevado para o céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir” (Atos 1:11). À luz dessas profecias, alguns irmãos e irmãs acreditam que a segunda vinda do Senhor nos últimos dias, com certeza, será entre as nuvens.

Leia mais:
1-A Bíblia profetiza que Deus retornaria encarnado nos últimos dias
2-Na segunda vinda do Senhor Jesus Cristo, só pode ser a forma de vir nas nuvens?
3-Como devemos confirmar que Deus Todo-Poderoso é de fato o Senhor Jesus que voltou

Na verdade, apesar dos muitos versículos da Bíblia que profetizam que o Senhor virá abertamente sobre as nuvens, existem também as profecias que dizem que Ele virá em segredo, como um ladrão. Por exemplo: “Eis que venho como ladrão” (Apocalipse 16:15). “Pois se não vigiares, virei como um ladrão…” (Apocalipse 3:3). Em Mateus 25:6, o Senhor Jesus disse: “Mas à meia-noite ouviu-se um grito: Eis o noivo! saí-lhe ao encontro!” Estes versículos dizem, com clareza, que, quando o Senhor voltar, nem todos serão capazes de vê-Lo, Ele virá sem o nosso menor conhecimento. Ao contrário, Sua chegada será anunciada por um clamor, isto é, por alguém que nos dá testemunho do evangelho da volta do Senhor. Depois que ouvimos este testemunho, devemos abrir nossas portas e recebê-Lo, e só então podemos dar as boas-vindas ao Senhor. Podemos, portanto, confirmar que a Bíblia profetiza duas maneiras pelas quais o Senhor retornará: a primeira diz que o Senhor virá em Espírito, cavalgando abertamente sobre as nuvens, e a segunda fala que o Filho do Homem virá em segredo.

Sabemos que o Senhor é fiel e, qualquer que seja a forma pela qual Ele volte, tudo se cumprirá. Então, como exatamente essas duas profecias diferentes vão se cumprir? Vamos ver vários versículos das Escrituras para encontrar a resposta.

Em Lucas 12:40, o Senhor Jesus diz: “Estai vós também apercebidos; porque, numa hora em que não penseis, virá o Filho do homem.” Também em Lucas 17:24-25, Ele diz: “Pois, assim como o relâmpago, fuzilando em uma extremidade do céu, ilumina até a outra extremidade, assim será também o Filho do homem no seu dia. Mas primeiro é necessário que ele padeça muitas coisas, e que seja rejeitado por esta geração.” Estes versículos profetizam que o Senhor voltará como o Filho do Homem. Como sabemos, “o Filho do homem” significa alguém que nasceu do homem e possui a humanidade normal. O corpo espiritual de Deus não pode ser chamado de Filho do Homem. Somente Deus encarnado pode ser chamado assim. Como o Senhor Jesus, por exemplo. Em essência, Ele era o Espírito de Deus vestido em um corpo comum, e ninguém poderia dizer, apenas por olhar, que Ele era diferente de uma pessoa normal. Portanto, o tempo da obra de Deus encarnado foi o estágio em que Ele veio e operou em segredo. Para dizer de outra maneira, quando o Senhor voltar nos últimos dias, Ele primeiro manifestará na carne como o Filho do Homem, e aqueles que são capazes de ouvir a voz de Deus, através das palavras de Dele, serão capaz de reconhecer que Ele é Deus. Como Pedro e João naqueles tempos antigos, por exemplo, que foram capazes de reconhecer, pelas palavras de Jesus, que Ele era o Messias, e assim seguiram os passos do Cordeiro e alcançaram a salvação de Deus. Aqueles que são incapazes de ouvir a voz de Deus, no entanto, certamente julgam-No pela Sua aparência externa. Eles tratam Cristo como se Ele fosse apenas uma pessoa comum. Tais pessoas rejeitam, condenam e blasfemam contra Cristo dos últimos dias, e isso as expõe como virgens insensatas. Quando os grandes desastres chegarem, o Senhor começará recompensando os bons e punindo os iníquos. Então, Ele virá com nuvens e Se manifestará abertamente a todos os povos. Quando esse tempo chegar, todos os que resistirem a Deus serão apanhados nos desastres e haverá muito choro e ranger de dentes. Pois assim diz Apocalipse 1: 7: “Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até mesmo aqueles que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele.”

Através disso, vemos que o período em que Deus vem em segredo é o estágio durante o qual Ele realiza Sua obra para salvar a humanidade. E o tempo em que Deus vem abertamente será o momento em que Ele recompensará os bons e castigará os iníquos. Como está escrito em Mateus 24: 37–39: “Pois como foi dito nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem. Porquanto, assim como nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca, e não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos; assim será também a vinda do Filho do homem.” Por que está dito que os dias da vinda do Filho do Homem serão como os dias de Noé? Nós sabemos que, quando Noé construiu a arca, ele pregou ao povo que Deus destruiria o mundo com um dilúvio, mas ninguém acreditou nele. Em vez disso, zombaram dele como se fosse louco. Quando a arca foi concluída e as oito pessoas da família de Noé embarcaram, as inundações chegaram. A partir disso, vemos que, durante os dias que antecederam as enchentes, Deus tentou salvar o homem e que, quando vieram as inundações, ou seja, a vinda dos dias de castigo, todos puderam ver as enchentes, mas era tarde demais, pois o portão da graça estava fechado. Portanto, o estágio em que o Senhor vem em segredo é a salvação para todos os que acreditam em Deus com sinceridade e amam a verdade, pois eles podem ouvir a voz de Deus, receber a volta do Senhor, e ser purificados e transformados em vencedores por Ele. Aqueles que fingem acreditar em Deus e que odeiam a verdade, no entanto, por se apegaram a seus próprios equívocos e imaginações, por se recusarem a aceitar a salvação de Deus dos últimos dias, e até por resistirem e condenarem a Deus encarnado, serão os objetos da punição divina. Quando o Senhor Se manifestar abertamente entre as nuvens, eles verão que Aquele a quem estão resistindo é, de fato, o Próprio Deus, mas a essa altura seu fim estará decidido, e Deus recompensará os bons e punirá os ímpios. Como, então, eles não baterão em seus peitos chorando e rangendo os dentes? Assim, o espetáculo de “Todo olho o verá, até mesmo aqueles que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele” acontecerá.

Pela da comunhão acima, entendemos que a segunda vinda do Senhor nos últimos dias deve ocorrer, em primeiro lugar, com Sua encarnação secreta na forma do Filho do Homem. Antes que os desastres cheguem, Deus criará um grupo de vencedores e, quando Sua obra estiver terminada, Ele Se manifestará abertamente nas nuvens para punir aqueles malignos que resistiram a Ele. Portanto, se quisermos ser purificados por Deus e sobreviver aos desastres, devemos agarrar nossa chance de sermos salvos por Ele antes dos desastres, para que não nos tornemos aqueles por meio dos quais “Todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele.”

Atualmente, os desastres em todo o mundo estão crescendo em escala e acontecendo com cada vez mais frequência. Todas as profecias bíblicas que falam sobre a volta do Senhor estão cumpridas. O que devemos fazer para acompanhar os passos de Deus neste momento chave da segunda vinda do Senhor? Apocalipse 2:29 diz: “Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas.” E Apocalipse 3:20 diz: “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.” Através desses versículos, vemos que, quando chega o momento da segunda vinda do Senhor, Ele diz Suas palavras, e devemos, portanto, ser como as virgens prudentes e tomar cuidado para ouvir a voz de Deus. Quando ouvimos alguém clamando que o noivo chegou, devemos nos concentrar em buscar e investigar, e não apenas observar o céu esperando que o Senhor venha entre as nuvens, pois somente assim poderemos receber a volta do Senhor.

 

Por Xiang Guangming

Recomendado para você:

Filme evangélico "O mistério da divindade: a continuação" Trecho 1 – Como Senhor aparecerá ao homem quando Ele voltar?

Durante os séculos, desde que o Senhor Jesus ressuscitou e ascendeu ao céu, nós, os crentes, desejamos ansiosamente o retorno de Jesus, o Salvador. A maioria das pessoas acredita que será o corpo espiritual do Jesus ressuscitado que nos aparecerá quando Ele retornar. Mas por que Deus apareceu ao homem encarnando como o Filho do homem nos últimos dias? Deus Todo-Poderoso diz: "Se Deus não Se torna carne, Ele permanece o Espírito invisível e intangível para o homem. O homem é uma criatura de carne, o homem e Deus pertencem a dois mundos diferentes e são diferentes em sua natureza. O Espírito de Deus é incompatível com o homem da carne e nenhuma relação pode ser estabelecida entre eles…" Somente tornando-Se carne, Ele pode entregar pessoalmente Suas palavras aos ouvidos de todos, para que todos os que têm ouvidos possam ouvir Suas palavras e receber Sua obra de julgamento pela palavra. Somente isso é o resultado alcançado por Sua palavra" (A Palavra manifesta em carne).

Comentários